Hospedagem de sites: 3 pontos de atenção para a escolha

A contratação da melhor hospedagem de sites irá depender de uma análise precisa de diversos fatores, que irão impactar diretamente no funcionamento e no sistema de gestão de conteúdos, conhecido popularmente pela sigla em inglês CMS.

Atualmente, as plataformas de hospedagem podem ser divididas em várias versões, sendo que as principais estão descritas a seguir:

  • Gratuita: voltada para blogs de publicação de conteúdos e a criação de um portfólio de baixo tráfego;
  • Compartilhada: modelo de baixo custo, que aloca diversos clientes em uma mesma máquina dividindo memória e armazenamento;
  • VPS: aloca vários clientes em uma mesma máquina física, mas com um servidor virtual privado, que assegura agilidade e proteção;
  • Cloud server: realiza a armazenagem de dados de modo virtualizado, mudando de servidor em caso de instabilidade;
  • Dedicada: modelo exclusivo para o cliente, que conta com uma máquina e um servidor particular.

Colocando isso em uma realidade mais fácil de entender, uma pequena empresa de aplicação de piso industrial que deseja apresentar seus serviços no mercado, mas que não fará a venda online pode optar pela versão gratuita ou compartilhada.

Enquanto isso, as grandes empresas de venda online e redes sociais costumam optar pela versão dedicada, que assegura mais recursos, segurança e capacidade de armazenamento, visto que são programadas e administradas por profissionais especializados.

Essas características já podem ajudar – e muito! – na escolha da melhor hospedagem de sites. No entanto, existem várias outras análises que podem garantir uma escolha mais assertiva. Continue acompanhando esse post e descubra quais são!

Tráfego

Um dos fatores que mais impactam na escolha da melhor hospedagem é a questão do tráfego. Alguns servidores estabelecem um limite de tráfego mensal, podendo cobrar uma taxa extra por cada visitante extra ou apenas parando de exibi-la nas buscas.

Além desses problemas, a escolha da hospedagem incorreta pode ocasionar lentidão, instabilidade e quedas gerais da página da web, impedindo o usuário de acessá-la. Uma maneira muito simples de entender isso é pensando nos conectores elétricos.

Se você adquirir um modelo destinado para sistemas de baixa tensão e instalá-lo em um de alta tensão, o acessório não será capaz de subtrair ou diminuir fugas de correntes causadas pela conexão, o que pode causar vários problemas, inclusive curto-circuitos.

Armazenamento

O armazenamento é um dos fatores que mais requer a atenção por parte da pessoa que deseja definir uma hospedagem de sites. Por exemplo, uma pequena empresa de placas de sinalização de segurança não precisa da mesma quantidade de memória disponível quando uma grande loja virtual, como a Amazon.

Por essa razão, é necessário que você compreenda os principais objetivos e metas do seu negócio e da sua estratégia de marketing, definindo com atenção o papel do seu site nessas atividades. Ao fazer isso, você consegue uma base importante para definir a capacidade necessária.

Vale destacar que essa também é uma dica essencial para poupar dinheiro! Como já foi destacado, existem versões de hospedagem de sites gratuitas e pagas, sendo o armazenamento uma das principais variáveis que impactam no valor! Assim, nunca adquira uma abaixo da sua necessidade, nem muito mais alta!

Velocidade do carregamento

Você sabia que a velocidade impacta no posicionamento de uma página nas ferramentas de busca, especialmente o Google? Em síntese, a plataforma costuma basear-se nas técnicas de SEO para definir o ranqueamento, e a agilidade do carregamento é um dos fatores analisados.

Por essa razão, antes de escolher uma hospedagem de sites, é ideal que você cheque o tempo médio para ela carregar completamente. Os usuários da internet costumam consumir informações de modo rápido, sendo a demora do carregamento ser um dos principais motivos de abandono de páginas.

Gostou do nosso post sobre hospedagem de sites: 4 pontos de atenção para a escolha? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Leia Também:

7 dicas indispensáveis antes de contratar um host para seu site

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.