WordPress.com ou WordPress.org: Qual é o melhor?

Antes de escolher o melhor forno elétrico de embutir para a cozinha, uma pessoa costuma pesquisar detalhes sobre o equipamento, incluindo os benefícios que ele assegura a curtos, médios e longos prazos. E isso não está limitado apenas aos eletrônicos, mas sim a todos os produtos e serviços comercializados.

Sabendo disso, a criação de um site se torna fundamental para o compartilhamento de conteúdos relevantes, que irão ajudar o seu público-alvo a conseguir as informações que precisam e, consequentemente, fazer com que a sua marca seja considerada em um momento de compra.

No entanto, a produção dos textos está bem longe de ser uma das primeiras etapas que devem ser cumpridas. Previamente, é necessário realizar um longo e detalhado planejamento, o que inclui a definição do melhor sistema de gestão de conteúdo, popularmente conhecido pela sigla em inglês CMS.

E é justamente aí que o WordPress entra! Baseado na linguagem PHP (Hypertext Preprocessor) e com banco de dados MySQL, a plataforma é a responsável por alocar mais de 35% de todos os sites da internet. Para se ter uma noção do impacto, o Joomla, seu concorrente direto, acumula apenas 5% do total.

Atualmente, o WordPress oferece duas versões: o WordPress.com e o WordPress.org. Pensando em te ajudar a escolher o melhor para o seu negócio, separamos as principais informações sobre os dois. Continue acompanhando esse artigo e saiba mais!

WordPress.com

Pense em uma pequena empresa que está iniciando suas atividades no segmento de placas de sinalização de segurança para trânsito. No geral, os acessórios são essenciais no dia a dia, servindo para garantir um tráfego mais otimizado, a diminuição de acidentes e a proteção da vida.

Por serem destinados para ambientes externos, elas costumam ser desenvolvidas com matérias-primas de alta qualidade e longa vida útil. Desse modo, dificilmente uma mesma pessoa irá adquirir várias vezes a sinalização, o que faz com que a concorrência seja mais acirrada e a criação de uma página na web essencial.

Levando em consideração que a empresa está começando no ramo, o valor para investir em uma plataforma não será alto, fazendo com que o WordPress.com surja como um grande aliado desse tipo de negócio. Ah, e não apenas deles, visto que essa versão também é ótima para jornalistas criarem portfólios.

Normalmente, ela é dividida de duas formas: a gratuita e a paga. Em ambas, o site passa a ser um subdomínio do WordPress e o espaço de armazenamento é limitado. O que difere uma da outra é apenas o fato de poder remover anúncios e a possibilidade de contratar mais espaço em caso de necessidade.

WordPress.org

Agora, pense em uma empresa renomada na fabricação do piso industrial, como o epóxi autonivelante. Em suma, ela costuma atender demandas de lojas de materiais, companhias de construção civil e até mesmo grandes fábricas, que necessitam cobrir amplos espaços com o revestimento.

Com certeza, um site com recursos limitados não seria suficiente para atender todas as necessidades dessa companhia, o que torna o WordPress.org a versão mais indicada. Nele, é possível contar com templates personalizados, plugins e controle de tráfego com o apoio do Google Analytics.

Além disso, o investimento assegura a liberdade de criar conteúdos diferenciados, gerenciar bibliotecas, vender anúncios e até mesmo criar e-commerces seguros dentro da própria página, não precisando pagar um valor extra para isso!

Gostou do nosso post sobre WordPress.com ou WordPress.org: Qual é o melhor? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Leia Também:

Hospedagem de sites: 3 pontos de atenção para a escolha
5 tipos de hospedagens de sites que você precisa conhecer
5 dicas para criar um site de sucesso para o seu negócio

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.